loader
Protesto contra privatização da Petrobras no Estado reúne professores e petroleiros na ponte Giuseppe Garibaldi

Protesto contra privatização da Petrobras no Estado reúne professores e petroleiros na ponte Giuseppe Garibaldi

Os planos do Governo Federal em privatizar a Petrobras no Rio Grande do Sul e o projeto de reestruturação administrativa do Governo do Estado, com mudanças no plano de carreira e perdas salariais dos professores, mobilizaram docentes e petroleiros em manifestações contrárias na Ponte Giuseppe Garibaldi, nessa quinta-feira (28). O prefeito Pierre Emerim participou do ato e apoiou as duas categorias, principalmente, contra a venda de parte das unidades de refino da companhia que poderá gerar no fim do recebimento de royalties do petróleo pela Prefeitura de Imbé.
De acordo com o Sindpetro-RS, a privatização da Refinaria Alberto Pasqualini (Refap) e do Terminal Niterói, localizadas em Canoas, além do Terminal de Osório, ocasionaria o fim dos royalties já que o estado não conta com nenhum campo de extração e produção de petróleo. Somente no último mês de outubro, a cidade de Imbé recebeu mais de R$ 1,5 milhões de royalties do petróleo. Pierre Emerim preside a Associação Brasileira dos Municípios com Terminais Marítimos e Fluviais para Embarque e Desembarque de Petróleo e Gás Natural (Abramt), e defende que o royalty é a participação especial das cidades que enfrentam os riscos ambientais e se moldaram para atender às necessidades de exploração.
Greve do Magistério
A greve dos professores da Rede Estadual de Ensino, iniciada no último dia 18, atinge cerca de 70% das escolas de Imbé e Tramandaí, conforme o Cpers Sindicato. Em Imbé, a Escola 9 de Maio está totalmente paralisada e a Reinaldo Vaccari está com atendimento parcial.
“A greve é pela regularização do pagamento dos salários, por reajuste imediato e contra o pacote de reforma administrativa enviado pelo governo à Assembleia no dia 13 de novembro”, ressaltou Marli Helena Picon, representante do Cpers Sindicato. Uma nova manifestação deverá ocorrer também nessa quinta-feira (28), às 19h, na Ponte Giuseppe Garibaldi.