loader
Projeto Taramandahy comemora o Dia da Árvore com quase 9 mil mudas produzidas

Projeto Taramandahy comemora o Dia da Árvore com quase 9 mil mudas produzidas

A importância das árvores é incontestável, pois não se poderia nem imaginar o mundo sem elas. Um exemplo é que sem as árvores fazendo a captação do gás carbônico e a devolução em oxigênio para a atmosfera, não existiria vida na Terra. Além de fazer a fotossíntese, as ÁRVORES são imprescindíveis por colaborarem com a produção das águas, com proteção das nascentes e de bordas de cursos d'água, servindo de fonte de alimento humano e animal, e muito mais. O ato simbólico de plantar uma árvore pode ser grande em contraponto à cultura de quintais desertos, ou ao pensamento de é preciso cortá-las para dar lugar à agricultura.
O Dia da Árvore é celebrado em 21 de setembro e o Projeto Taramandahy – Fase III deseja promover uma reflexão sobre nossos atos e posturas a respeito da importância da conservação e da necessidade de criação de políticas públicas que combatam a exploração ilegal de árvores, como a palmeira juçara (Euterpe edulis) que corre o risco de ser extinta na região da bacia hidrográfica do rio Tramandaí. O Projeto vem realizando a gestão dos recursos hídricos desta região, de forma integrada com ações, que vão desde a produção e plantio de mudas de árvores, ao monitoramento e análise da qualidade e quantidade da água e dos impactos ambientais nas áreas de mata ciliar das lagoas.
Como resultados deste trabalho, até final do mês de agosto de 2019, o Projeto Taramandahy chegou ao número de 8.615 (oito mil, seiscentos e quinze) mudas de nativas da Mata Atlântica produzidas em seu viveiro, a partir de sementes coletadas na região. Além disso, foram realizados monitoramento em dezessete hectares (17 ha) de áreas reflorestadas nas fases I e II do Projeto, e manejo e manutenção em oito hectares (8 ha) de mata ciliar. Para complementar as mudas produzidas em nosso viveiro com espécies indicadas aos sistemas agroflorestais, foram compradas 1.364 mudas de nativas e frutíferas, e plantadas gratuitamente até agora 1.207 mudas nas propriedades de famílias agricultoras assessoradas pelo Projeto e em aldeias Mbyá Guarani do Litoral Norte. Estes números, se unidos a todos os projetos do Brasil patrocinados pela Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental e Governo Federal, chega a 1,6 milhão de mudas produzidas nos últimos dois anos.
Portanto, para celebrar este Dia da Árvore-2019, convidamos a todos/as a refletirem e conhecer um pouco sobre a importância das espécies que compõem a Mata Atlântica desta região através de atividades que vem sendo realizadas e de publicações disponíveis no site www.taramandahy.org.br e também, a conhecerem o viveiro do Projeto no Centro de Referências Ambientais Taramandahy. E, no mês de outubro, ocorrerá a tradicional Chuva de Sementes de Juçara em Voo Livre, dia 19, na Borússia, em Osório/RS. Em breve estaremos divulgando mais informações sobre o evento. Contatos pelo telefone (51) 3628-1415, ou e-mailtaramandahy@gmail.com.