loader
Programa Saúde na Escola de Imbé leva informações aos alunos

Programa Saúde na Escola de Imbé leva informações aos alunos

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC) e com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS), iniciou nesta semana as atividades do Programa Saúde na Escola.
Segundo a gestora do programa, enfermeira Camila Alves, o programa leva até alunos da rede municipal informações importantes sobre temas relacionados à saúde. Nesta segunda-feira (08) a psicóloga Cristiane Santos e as Agentes de Combate a Endemias Kátia Santos e Silvia Louzada visitaram as turmas do 6° ao 9° ano das escolas de Ensino Fundamental Olavo Bilac e Rui Barbosa.
Camila explica que as conversas abordaram temas como imunizações e autocuidado. “O foco em nosso município é a importância da vacinação da Febre Amarela e o autocuidado individual e coletivo, principalmente na eliminação de possíveis focos do mosquito transmissor da doença da febre amarela e também de outras doenças”, explica a enfermeira.
A SMS esclarece que a vacina contra a Febre Amarela está disponível nas Salas de Vacina para toda a população. “Desde o ano de 2018 passamos a fazer parte da área de risco. Anteriormente, apenas pessoas que iriam viajar para outras regiões do Brasil e exterior ganhavam a vacina. Hoje ela pode ser feita por qualquer pessoa entre 9 meses e 59 anos”, explica o titular da pasta, enfermeiro Tierres da Rosa. Ele observa que, para cada caso, é importante buscar informações preliminares diretamente com os vacinadores nas unidades de saúde.
Tierres também revela que até o final desta semana todas as escolas municipais de Ensino Fundamental estarão recebendo as atividades do Programa Saúde na Escola. Por sugestão da SMDS, a ideia será expandida para as escolas de Educação Infantil, de uma forma mais lúdica. “Nossa intenção é apresentar atividades, como uma peça de teatro, por exemplo, explicando para os pequenos que criança vacinada não fica doente”, complementa.
Maiores informações sobre a iniciativa podem ser obtidas pelos telefones (51) 3627-8512 e 3627-8513, diretamente com a enfermeira Camila Alves.