loader
Procon apurou denúncias de abusos de preços

Procon apurou denúncias de abusos de preços

O Procon de Imbé, com apoio da Guarda Municipal, realizou fiscalização de preços ao consumidor na última sexta-feira (27), com objetivo de verificar diversas denúncias de abusos em valores cobrados, além de verificar outros estabelecimentos que não foram denunciados. Os comerciantes apresentaram notas fiscais dos produtos e toda a ação foi fotografada.
Conforme o servidor do Procon, Gabriel de Aquino, a fiscalização passou por 14 empresas e não houve discrepância de valores. Ele ressalta que o Procon de Imbé tem recebido diversas denúncias diariamente, as quais são verificadas junto as empresas, que comprovam os seus custos com a apresentação das notas fiscais. Nenhum supermercado, farmácia, ou posto de combustíveis está realizando práticas abusivas, de acordo com o levantamento.
Quanto aos aumentos de preços de alguns produtos, como o caso do leite, foram apresentadas as notas fiscais e todos os mercados e supermercados informaram que houve um aumento no custo do fornecedor, elevando o preço. “Há um supermercado, por exemplo, que trabalha com margem de lucro de 10 centavos no litro do leite mais barato”, ressalta o servidor do Procon.
“A população de Imbé pode ficar tranquila quanto aos seus comerciantes, que tem trabalhado com margem absolutamente dentro do possível para manterem as portas abertas. Lembrando que estamos em meio a uma pandemia, o que dificulta o comercio a manter preços, com a escassa oferta e aumento da demanda e que, com a alta do dólar, muitos produtos sofrem reajuste por ter matéria prima, ou peças importadas”, complementa.
Quaisquer dúvidas, reclamações, ou denúncias da população de Imbé podem ser feitas através do e-mail procon@imbe.rs.gov.br ou pelo telefone 51 3627 8554.
---------------------------
EDIÇÃO DE TEXTO: Leandro Luz
FOTOS: Divulgação/Procon Imbé