loader
Prefeitura de Imbé e IBGE se reúnem para planejar Censo 2020

Prefeitura de Imbé e IBGE se reúnem para planejar Censo 2020

A Prefeitura de Imbé e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) estiveram reunidos na tarde dessa terça-feira, (20), para traçarem metas e se unirem na formação de parceria para a realização do Censo Demográfico de 2020 na cidade. O chefe da agência do IBGE de Osório, Cláudio da Rosa Santos, foi recebido pelo prefeito Pierre Emerim, por secretários municipais e pelo presidente da Câmara Municipal, Vilmar Nico (PT) para debater assuntos com o objetivo de desenvolver ações preparatórias para o censo através da participação da Prefeitura que auxiliam na divulgação, acompanhamento das atividades, disponibilizando colaboradores e assim garantindo a qualidade nos dados.
Segundo Pierre, censos como do IBGE acrescentam muito para que o município tenha mais recursos diante das estimativas populacionais municipais serem parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União no cálculo do Fundo de Participação de Estados e Municípios (FPM), além do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), e são referência para vários indicadores sociais, econômicos e demográficos. Ele acredita que a cidade tenha mais que 22.309 habitantes, dados do IBGE de 2010, e afirma que pelo menos 30 mil vivem em Imbé. Pierre alerta que o município deixa de arrecadar por mês, só de FPM, cerca de R$ 500 mil, já que cidades com faixa de habitação de 23.773 a 30.564 ganham 1,4% a mais de recursos.
 “Imbé conta com 18.577 eleitores, pelo menos 36 mil pessoas possuem cartão SUS ativo, nossa rede de educação tem 6 mil alunos e faltam 1.400 pessoas no CENSO para recebermos aproximadamente R$ 1 milhão a mais por mês de transferências constitucionais. Algo está errado em relação a quantidade de moradores fixos e isso está nos trazendo um prejuízo de mais de R$ 10 milhões por ano no repasse principalmente do FPM, retorno de ICMS e FUNDEB.
Em Imbé, o IBGE contará com uma equipe de 30 profissionais para fazer a coleta de dados que vão das características dos moradores, domicílios, migração, educação, trabalho e até mesmo o rendimento. Destes, 22 serão recenseadores.  Pierre afirmou que a Prefeitura dará todo o apoio necessário para que o Censo 2020 ocorra com êxito em Imbé. “A população terá que nos ajudar a demonstrar com mais exatidão o número de moradores para aumentarmos nossa receita. O novo Censo iniciará em agosto do ano que vem e até lá iremos realizar várias ações de comunicação e conscientização. Contaremos com a sensibilidade de todos para termos cada vez mais uma cidade forte”, concluiu o prefeito.
As atividades da pesquisa de campo irão ocorrer entre os meses de agosto e outubro do próximo ano, em todo o Brasil. O uso da tecnologia é a grande novidade do Censo. A operação será totalmente informatizada, com a utilização de formulários na Web e de equipamentos móveis para a coleta de dados, da internet para suporte de comunicações de tráfego de dados e de centers de alto desempenho.