loader
Prefeito de Tramandaí pede aos veranistas cuidados necessários para evitar colapso no Litoral

Prefeito de Tramandaí pede aos veranistas cuidados necessários para evitar colapso no Litoral

O prefeito de Tramandaí, Luiz Carlos Gauto, salientou a importância dos veranistas tomarem os cuidados necessários para evitar uma maior disseminação da Covid-19, após o primeiro final de semana de 2001.  Segundo ele, é preciso equilibrar a economia da cidade, que sazonalmente é mais aquecida durante o veraneio, sem deixar as medidas sanitárias de lado. 
Para combater a doença, os prefeitos do Litoral buscaram evitar aglomerações na beira-mar, não realizando festas e apresentações na virada do ano. No entanto, o sol por si só é o maior atrativo para os visitantes. 
O prefeito reconhece que este é um ano totalmente atípico para o Litoral gaúcho e confessa temer um eventual colapso nos hospitais da região após as aglomerações de final de ano. 
"Estamos com uma preocupação muito grande em relação aos leitos de UTI aqui no nosso Litoral. Não queremos ter um colapso no atendimento Covid-19. Sabemos que às vezes essas aglomerações podem resultar em daqui 15 dias termos um alto número de pessoas internadas, necessitando de respirador. Isto é uma incógnita para nós".
Gauto alerta que neste momento a taxa de ocupação geral das UTIs está controlada no Litoral, mas lembra que isso se dá mediante a um esforço de equipar os hospitais da região após um forte aumento.
Preocupado com a economia da cidade, o prefeito ressaltou que a única arrecadação que cresceu no ano de 2020 foi a com pessoas que optaram por permanecer durante toda a pandemia na cidade.