loader
Polícia é acionada para investigar envenenamento dos seis gatos

Polícia é acionada para investigar envenenamento dos seis gatos

Animais morreram depois de ingerir uma mistura de peixe, arroz e chumbinho.
Um caso de crueldade contra animais chocou os moradores do Jardim Beira Mar, na Zona Sul de Tramandaí, onde seis (6) gatos foram mortos por envenenamento, na frente da sua casa. O fato aconteceu na terça-feira (15), quando alguém largou comida (arroz e peixe, com chumbinho misturado), na área externa da casa, provocando a morte de 6 gatos da família de Gabriela Santos Silva, que tem ao todo 14 animais de estimação, todos adotados.
Segundo Gabriela este ato é de pura maldade, porque todos os gatos da família são dóceis, castrados, bem alimentados e que não tem hábitos que possam fazer mal ou interferir negativamente na vida de ninguém. “Todos os bichos que temos foram adotados, porque foram abandonados por alguém e nós os acolhemos, tratamos e castramos – tudo com o nosso próprio dinheiro. Protegemos e adotamos por amor e não vamos admitir que alguém venha até a nossa casa, mate nossos animais e fique impune”.  
Ainda de acordo com Gabriela, na mesma data (15/10) foi feito um B.O (boletim de ocorrência) na Delegacia de Polícia de Tramandaí para registro do fato, bem como prestado depoimento e feitos todos os procedimentos legais para possível instauração de processo investigativo. “O delegado Paulo Perez foi muito atencioso e sensível ao nosso caso e disse que vai solicitar imagens das câmeras de monitoramento das casas vizinhas, para, quem sabe, poder identificar quem fez esta maldade com os nossos gatinhos. As pessoas precisam ser punidas de acordo com a Lei, para entenderem que crimes como este e outros contra os animais não ficarão mais impune”, destacou Gabriela.
Além dos 6 (seis) gatos assassinados, a família tem outros 4 (quatro) gatinhos e 4 (quatro) cães, com os quais os cuidados foram redobrados para evitar outras possíveis mortes. “Aqui em casa adotamos o ‘toque de recolher’ e às 18h todos são colocados pra dentro de casa, por segurança. Tenho uma gatinha que está comigo há 15 anos (a Mimi) e não posso sequer imaginar a possibilidade de perder minha companheira”, disse Gabriela, emocionada.
As denúncias de maus tratos (comprovados) aos animais devem ser feitas para a PATRAM, pois estes casos se enquadram como crime ambiental previsto na Lei Federal 9.605 – que prevê notificação, multa e até pena de prisão de 3 meses a 1 ano. O telefone da PATRAM/Tdaí é (51) 3661.4620. O Dimensão News também possui um fone/watts para denúncias que é: 997.888.994