loader
Educação de Imbé é destaque no Encontro Nacional das Escolas Associadas da UNESCO

Educação de Imbé é destaque no Encontro Nacional das Escolas Associadas da UNESCO

O município de Imbé foi oficialmente reconhecido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) como a primeira cidade brasileira com todas as escolas certificadas internacionalmente pela entidade, através do Programa de Escolas Associadas (PEA-UNESCO). A premiação foi recebida pelo prefeito Pierre Emerim e pela secretária municipal de Educação e Cultura Joselaine Cardoso durante o Encontro Nacional das Escolas Associadas da UNESCO 2019, realizado na cidade Ouro Preto, em Minas Gerais, na tarde desta quarta-feira (11).
Vestidos com camisas estampadas com as cores e o brasão oficiais da cidade, Pierre e Josi foram recebidos pela coordenadora da Rede PEA-UNESCO no Brasil, Myriam Tricate, e pela coordenadora estadual, Irmã Maria Madalena Uliana, de quem receberam a honraria graças aos trabalhos realizados nas seis escolas de Ensino Fundamental e nas oito escolas de Educação Infantil de Imbé.
Líderes da UNESCO, convidados internacionais outras autoridades assistiram a um vídeo desenvolvido pelo Departamento de Comunicação da Prefeitura apresentando o trabalho e as boas práticas desenvolvidas pela Administração Municipal nas seis escolas de Ensino Fundamental e nas oito escolas de Educação Infantil desde 2013. O chefe do Executivo classifica o ato como “um momento inesquecível”. “Não existe outro caminho para um futuro melhor para o nosso povo que não seja a educação de qualidade. E nosso trabalho na Educação municipal é prova disto. É um momento histórico que destaca Imbé entre todas as cidades do Brasil”, afirma Pierre.
A titular da SMEC se emocionou ao lembrar o trabalho executado pelo governo na área da educação. “Ter todas as nossas escolas certificadas pela UNESCO é um motivo de orgulho e fruto de muito trabalho dos nossos funcionários, professores e equipes diretivas, que trabalharam dentro de projetos que serviram de referência para conquista destes certificados”, comemora. “Nosso objetivo é seguir trabalho para manter esse índice de 100% das escolas certificadas, mantendo as equipes otimistas e focadas. Essa ligação com a UNESCO não pode parar neste governo. Tem que seguir pelos próximos anos. É um reconhecimento internacional, um grande desafio”, complementa o prefeito.
O PEA Unesco é uma rede global criada em 1953 e forma no Brasil uma comunidade de aprendizagem e troca de conhecimento entre escolas públicas e privadas. O Brasil possui a segunda maior Rede PEA Unesco do mundo, com 583 escolas associadas, reunindo cerca de 550 mil alunos e 42 mil professores.