loader
Cpers realiza protesto contra pacote de Leite e inicia greve na segunda em Porto Alegre.

Cpers realiza protesto contra pacote de Leite e inicia greve na segunda em Porto Alegre.

Presidente do sindicato rebateu críticas do governo e espera "diálogo real" na Assembleia Legislativa.

O Cpers Sindicato realizou na manhã desta quinta-feira um protesto contra o pacote do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite. A movimentação de professores foi grande na Praça da Matriz, em frente ao Palácio Piratini e à Assembleia Legislativa. Ônibus do interior chegaram no começo da mobilização trazendo mais integrantes para a manifestação que criticou Leite e deixou claro a esperança por um diálogo no parlamento. 

A presidente do Cpers, Helenir Schürer, respondeu a supostas críticas do governo, de que o sindicato não teria contribuído dando sugestões ao pacote. "É como pedir para o enforcado contribuir para o enforcamento. É surreal", afirmou. "Nós enviamos um documento falando sobre todos os pontos em que não tínhamos concordância. O governo simplesmente desconheceu, não nos chamou para falar sobre absolutamente nada. Não há como contribuir com um pacote que representa o fim da carreira de professsor e leva à privatização da escola pública", completou antes de confirmar a greve a partir de segunda-feira.