Sexta, 04 Setembro 2015 18:33

Estar sozinho não é castigo

Esta semana resolvi escrever sobre o fato de estarmos sozinhos por um determinado período de nossas vidas. Pensei nisto, porque vejo tanta gente ‘enlouquecida’ atrás de um amor, de alguém que lhe complete e lhe faça feliz, sendo que isto é impossível, uma vez que a nossa felicidade só depende de nós mesmos. Se não conseguirmos conviver com a nossa essência, nos aceitando e sendo felizes ‘por nada’ e ‘por ninguém’ em especial, jamais seremos plenamente felizes ao lado de quem quer que seja – pode botar o Brad Pitt aí do teu lado que só vai rolar sexo, mas este prazer ‘da hora’ não é o mais importante nesta existência, pois, na minha opinião, o que vale é o amor verdadeiro... Ou seja, estar sozinho não é tão ruim quanto pode parecer. Estar sozinho/solteiro não quer dizer estar perdido em meio à solidão, quer dizer esperar, mas não esperar necessariamente por um amor (homem x mulher) e sim, esperar pela própria auto-aceitação. Não há tempo melhor do que este para repensarmos nossos erros e atitudes, para vermos o quanto ainda podemos melhorar como seres humanos, enfim. Agora uma coisa é certa, se você se sente sozinho e infeliz é porque você mesmo não se completa, pois quem está satisfeito com o que é, com o que conquistou, com seu trabalho, com seu corpo (seja ele como for), com sua família e amigos, nunca se sente só. Quando nos amamos e nos conhecemos interiormente, não sentimos esta necessidade louca de procurarmos por alguém, pois nós nos bastamos – e isto não tem preço. Eu digo por experiência própria - curta cada cantinho da sua casa, pois é pra lá que você vai ao final do dia de trabalho, plante flores no seu jardim, pois elas vão alegrar teus dias, tenha um animal de estimação (eu sempre tive cães, pois os amo de paixão), reze todas as noites e agradeça pela saúde e pela família que Deus te deu, pedindo sabedoria e humildade. Seja sempre otimista em relação a tudo (isto atrai coisas boas), olhe-se no espelho e diga pra você mesma (o) o quanto és maravilhosa (o) e acredite no que estás dizendo. Faça tudo com convicção, honestidade e dignidade, pois na hora certa Deus vai se encarregar de te enviar aquela pessoa especial. Digo especial, pois ela será teu companheiro (a) e não teu mundo, ele será teu parceiro e incentivador, mas jamais a única razão do teu viver. Esta pessoa será o complemento da felicidade que já terás alcançado, pois te amarás tão intensamente que, se um dia este alguém sair da tua vida, não será ‘o fim do mundo’ – será apenas o final de uma etapa. Por isto digo e repito - estar sozinho não é sinônimo de solidão e tristeza, muito pelo contrário, pode ser este, o momento mais importante de nossas vidas, pois é quando construímos com base sólida o nosso eu interior. E garanto pra vocês, depois que nos sentirmos plenos e fortes, a felicidade é uma consequência natural. Portanto, viva este momento (o de estares só) com entusiasmo e positividade, mas nunca o encare como um castigo, ok? Talvez agora não, mas no futuro me dirás como foi bom ter estado só por algum tempo da tua vida (certeza), só espero estar ‘na banda’ pra poder compartilhar isto contigo. Bjks, sorrisão no rosto, força na peruca e vamu que vamu, pois carro parado não pega carreto. 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Banner Lateral Claro

Banner Agafarma
Banneronplay
ENDEREÇO: TELEFONES: E-MAILS: Desenvolvido por
Rua Siqueira Campos, 432
Tramandaí - RS
51. 3684.3033
51. 3661.3505
 redacao@jornaldimensao.com.br