Sexta, 31 Julho 2015 12:43

Gente chata, gente infeliz...

 

Olá meus amores, hoje minha vontade era dizer algumas verdades para um monte de gente chata, de gente infeliz e que não deve fazer sexo regularmente, ou então, NUNCA deve ter nenhum tipo de prazer que lhe alivie a alma. Mas, como as ‘criaturas’ são muitas e não tenho tempo para passar e endereço em endereço, vão por aqui meu recado ‘indireto’. Sei que esta gente chata e infeliz vai se identificar automaticamente e tão logo inicie a leitura, pois quem se sente ‘atingido’ por algum texto meu é porque tem ‘culpa no cartório’. Sei que a maioria também deve conviver com pessoas assim ‘instáveis’ e de quem nem sabe ao certo o que esperar, pois num dia estão achando o um lindo e no outro, consideram suas vidas um inferno e até a cor do seu cabelo o ‘ó’. Ok se a tua grama não é a mais verde da quadra, se o teu marido não é mais ‘gostoso’ do bairro e se teu cachorro não é o mais lindo da Pet, mas e daí?! Se há tantas outras coisas bacanas na vida pra se fazer, porque ficar só contemplando o próprio umbigo! Porque ficar olhando o mofo nas paredes quando temos um céu inteirinho pra contemplar?! E, de mais a mais, ninguém tem nada a ver com o ‘azedume’ alheio. Ema ema ema... cada um com seus problemas. Bah, ando bem de ‘saco cheio’ de gente mal resolvida e que insiste em buscar o lado ruim de tudo nesta vida. Não há paciência que aguente, vamos ser sinceros. Duvido você (que está lendo) não ter ‘na volta’ uma meia dúzia de pessoas do time ‘quanto pior melhor’ – duvideodó. Kkkkkkk. Que praguedo! Você já reparou que a pessoa infeliz, aquela frustrada com a própria existência, tá sempre reclamando de tudo?! Se chover é porque choveu, se fez sol está calor demais, se fica nublado tudo perde a graça, enfim, não há o que agrade uma pessoa amarga, porque no fundo no fundo, ela nem saberia viver feliz – por mais que a vida lhe tenha favorecido (com saúde e corpo completo com todos os membros/cabeça, tronco, braços, pernas e pés). Para a pessoa chata não há nada que ‘chegue a tempo’, e confessem, é um saco ver e conviver (seja do jeito que for) com gente tão infeliz. É obvio que todos temos nossos problemas e que nem sempre estamos exalando felicidade, mas a alegria deve ser um estado de espírito, senão nunca estaremos em paz com nossos semelhantes. Pelamor! Por isto gosto cada dia mais de ficar ‘embolada’ com meus cachorros, pois do Lobinho, da Maya e das Ordinárias (a Gorda e a Magra) eu sempre sei o que esperar – só amor e gratidão. É dos peludos que tiramos as melhores energias, tenho certeza. Minha dica pra quem é chata (o) e infeliz. Mude seu pensamento e abra seu coração pra Deus e para as coisas boas da vida, pois ela pode ser bem proveitosa se você permitir. Se desarme, pois os bons de coração estarão sempre do mesmo lado (o lado do bem), se a visão não for ‘embaralhada’ pelo egoísmo e a inveja. Se liberte desta carranca e vá fazer amor, porque a passagem por este plano é breve. Relaxe e aproveite. Bjks, sorrisão no rosto, força na peruca e vamu que vamu porque ‘carro parado não pega carreto’.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Banner Lateral Claro

Banner Agafarma
Banneronplay
ENDEREÇO: TELEFONES: E-MAILS: Desenvolvido por
Rua Siqueira Campos, 432
Tramandaí - RS
51. 3684.3033
51. 3661.3505
 redacao@jornaldimensao.com.br