Sexta, 13 Março 2015 19:58

Não confio em mais ninguém

Oi gurias e guris, hoje o tema é confiança, pois do jeito que as coisas andam não se sabe mais em quem confiar. Vai aí o meu ponto de vista sobre este assunto (que fique claro): Me atrevo a começar afirmando que todos, em algum momento da vida já dissemos esta frase – “Não confio em mais ninguém”. Dou minha cara a tapas lá na Praça da Tainha, num sábado à tardinha (no verão/bem movimentado) se você que está lendo este texto já não falou isto. Acertei? Não? Bem, se não acertei em 100% garanto que foi em uns 99%. Admitam... Eu sei que é xarope, mas todo mundo já sofreu decepções por confiar em alguém e depois, ter tido seu tapete puxado. E aí muitos vão pensar que o caminho é este mesmo, o de não confiar nas pessoas, ou então, confiar desconfiando (se é que isto é possível), há quem diga que é sim. Sabe aquela coisa, confio, mas só até a página dois?! Pois é... Não sei vocês, mas eu quando conheço uma pessoa, obviamente, uma pessoa a princípio do bem, das relações de amizade (minha ou da minha família e amigos) SEMPRE confio nesta pessoa, pois acredito que não podemos pré-julgar ninguém sem antes conhecer melhor, etc. e tal. E aí está o x da questão, pois pra conhecer melhor a gente se envolve, conversa, conta coisas das nossas vidas, troca experiências e a relação (seja qual for) vai evoluindo, e tu acabas confiando na criatura, é normal. Não seria normal se ‘de cara’ descartássemos todo e qualquer envolvimento com outras pessoas somente por acharmos que, lá adiante, esta mesma pessoa trairia a nossa confiança. Não somos ilha, somos seres humanos, e por isto as relações são necessárias, simples assim. O risco de termos nossa confiança traída é constante e teremos que saber lidar com as frustrações, pois elas irão acontecer, mais cedo ou mais tarde (fato). O que não podemos fazer é julgarmos todos pelo comportamento ‘errado’ de uma ou outra pessoa – tá tudo bem... já foram várias pessoas que traíram tua confiança, eu sei, mas mesmo assim. Pense pelo lado positivo desta ‘trairagem’ toda – quando tu conheceres bem uma pessoa e esta te trair (a confiança), e aí me refiro a todo tipo de traição de confiança (seja com amigos, familiares e/ou assemelhados) tu saberás discernir e não mais cairás naquele tipo de enganação, encenação, argumentos vazios, jeito de te ludibriar com palavras, ações suspeitas, etc., pois no fundo no fundo, todo mau caráter tem o mesmo ‘modus operandi’. A pessoa te conquista, te ganha pelas palavras, atitudes gentis, se mostra prestativa, solícita, de confiança e depois... TOMA, chuta teu baldinho. Na hora dói pra c..., mas depois vai passando, aliás, só vai passar de vez quando DELETARES esta pessoa da tua vida. Tem outra coisa que digo e sigo à risca, quem mente pequeno mentirá grande, quem rouba pequeno roubará grande e quem te trai a confiança uma vez, te trairá sempre. Confiança é como cristal, se quebrar uma vez, tu podes usar a melhor das ‘super bonders’ da vida, que nunca mais ficará igual. Mas, porém, contudo, entretanto, todavia, fica a dica, não é porque uma pessoa (ou 312 pessoas) já te magoaram que vais andar ‘armada’ (o) por aí. Tudo nesta vida é aprendizado, mesmo que doa... Segue acreditando que as pessoas boas existem sim, e que vale a pena confiar. Se não der certo depois, basta largar de mão este ser vivente e tocar a vida com teu coração do bem. Não te deixes embrutecer, pois uma sofridinha não mata, e de tabela ainda nos fortalece. Bjks, sorrisão no rosto, força na peruca e vamu que vamu. (reeditado)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Banner Lateral Claro

Banner Agafarma
Banneronplay
ENDEREÇO: TELEFONES: E-MAILS: Desenvolvido por
Rua Siqueira Campos, 432
Tramandaí - RS
51. 3684.3033
51. 3661.3505
 redacao@jornaldimensao.com.br