Veterinário do Ceclimar afirma que é cedo para detectar a causa da morte do animal, mas a hipótese mais ‘forte’ é que mamífero tenha se perdido da mãe

 

Um filhote de baleia-franca apareceu morto na manhã desde sábado (1º/8), na guarita 148, próximo a rua 24 de Setembro, no Centro de Tramandaí.

A baleia despertou a atenção das pessoas que passavam pelo local, veterinários do Ceclimar - Centro de Estudos Costeiros, Limnológicos e Marinhos foram chamados para atender o caso e tentar descobrir a causa da morte do animal.

De acordo com o veterinário do Ceclimar, Derek Blaese, trata-se de um filhote que aparenta ter cerca de um mês vida. A causa da morte só vai ser conhecida após a necropsia que demora a média de 30 dias, no entanto, já é possível dizer que a baleia não tinha sinais aparentes de ter tido contatos com redes de pesca.

Uma das hipóteses apontadas pelo veterinário é que o filhote pode ter se perdido da mãe, que talvez seja inexperiente.

Essa foi a quarta baleia encontrada morta, este ano, no Litoral Norte Gaúcho.

 

Com foto Bruna

Publicado em Tramandaí
Segunda, 10 Agosto 2015 18:10

Segue o asfaltamento das ruas do Município

 

 

A Administração Municipal através da secretaria de Obras dá continuidade a serviços e obras de melhoria da infraestrutura em vários bairros da cidade. Entre estes serviços esta o recapeamento asfáltico recuperando a malha rodoviária da cidade.

Na última semana foi feito o recapeamento asfáltico de trecho da rua Fernando Amaral e Saldanha da Gama.

Publicado em Tramandaí

 

 

Em Tramandaí as escolas Estaduais fizeram paralisação nessa segunda-feira, e a maioria está trabalhando em horário reduzido. Além disso, a Polícia Civil e BM atendem somente casos graves

 

Na última sexta-feira (31/7), os servidores Estaduais tiveram uma surpresa negativa ao tentarem sacar os salários, referentes ao mês já trabalhado, o que já se ‘murmurava’ nas paredes do Palácio Piratini aconteceu, e os trabalhadores tiveram o salário parcelado. A ação gerou reações em todo o Estado nessa segunda-feira (3), e em Tramandaí não foi diferente, todas escolas Estaduais do Município ficaram paralisadas. E a polícia Civil atendeu somente casos graves.

Em entrevista coletiva ainda na sexta-feira, o secretário da Fazenda do Rio Grande do Sul, Giovani Feltes, confirmou o parcelamento dos salários dos servidores estaduais e detalhou o calendário de pagamento da folha do mês de julho, que será dividido em três parcelas. De acordo com Feltes, o pagamento de julho será dividido em três datas de agosto: nesta sexta, último dia útil do mês, os servidores públicos receberam R$ 2.150,00. Mais uma parcela, de R$ 1 mil, deve ser depositada no dia 13 de agosto. Aos funcionários que recebem salário superior a R$ 3.150,00, o restante será pago do dia 20 até 25 de agosto.

O secretário justificou o parcelamento dos salários citando a crise que envolve o Brasil e que atinge o Estado, proporcionando queda no orçamento, devido a baixa arrecadação de impostos como IPVA e ICMS, e ainda alertou que a situação pode piorar. "As dificuldades se avolumam e são crescentes pelos próximos meses e anos. E não temos condições de pagar os salários dos servidores em sua totalidade", afirmou Feltes.

Em resposta a ação do Governo, servidores Estaduais fizeram paralisações em todo o Estado nessa segunda-feira (3). Em Porto Alegre, o movimento foi mais forte com caminhada dos professores e protestos em frente ao Piratini. No Litoral Norte Gaúcho, houve paralisações em diversos Municípios, como Imbé, Tramandaí e Osório. Em Tramandaí, todas escolas Estaduais fizeram paralisação, até mesmo aquelas que tradicionalmente optam por não aderir a greve, como é o caso da Escola Estadual Almirante Tamandaré. De acordo com a diretora da escola, Noeli da Silva Nunes, todos professores compareceram até a instituição de ensino, mas optaram por não trabalharem na segunda-feira. “A Escola Almirante Tamandaré historicamente não adere a paralisações e greves, mas dessa vez, a falta de respeito foi demais, pois o nosso salário é certinho para pagar as contas e fazer as compras. Os credores não aceitam pagamento parcelado das contas”, disse.

A professora da mesma escola, Carmen Leichter, representando as demais servidoras da instituição disse, “todos nossos colegas de trabalho de forma unânime decidiram paralisar, em apoio ao movimento Estadual, pois as contas não esperam. Essa medida do governador foi uma falta de respeito com os trabalhadores, por isso, nossa segunda-feira foi de luto em luta”.

E as manifestações na cidade seguem por pelo menos essa semana, na maioria das escolas Estaduais do Município, que estão trabalhando com horário reduzido.

A redução dos salários interfere também nos servidores responsáveis pela segurança, o delegado Paulo Peres, representante da polícia Civil, informou que na segunda-feira somente foram atendidos casos graves como homicídio, latrocínio e estupro. O setor de investigação e o cartório permaneceram paralisados. “Diferente do que parece pensar o Governador do Estado, o policial também é ser humano, nós temos dívidas a pagar, precisamos comer, precisamos beber, como as demais pessoas”, disse.

Após a paralisação de segunda-feira, os delegados das Polícias Civis do RS decidiram em Assembléia Geral reabrir o setor de investigação para tratar de casos graves, de atentados contra a vida, no entanto, diversos serviços seguirão sem serem realizados até que os salários da categoria sejam pagos integralmente, tais como: todas as ocorrências que podem ser registradas na Delegacia Online não serão mais aceitas na Delegacia de Polícia, como perda de documento, furto simples e atentado contra a honra; Também não estão sendo remetidos Inquéritos Policiais, Termos Circunstanciados e Procedimentos para Adolescentes Infratores, exceto Autos de prisão e Apreensão em flagrante, entre outro serviços.

Já segundo o subcomandante da 3ª Companhia de Tramandaí, tenente Cristiano Pinheiro, a Brigada Militar não aderiu a paralisação de segunda-feira (3) e todos os serviços à comunidade estão sendo prestados normalmente.

 

BOX

Veja quais escolas Estaduais vão trabalhar com período reduzido essa semana

 

E. E. E. F.  Menino Manuel Luiz – Trabalha com período reduzido

Alunos do turno da manhã saem às 10h30, e  do turno da tarde, às 15h45

E. E. E. M. Nossa Senhora Aparecida – Trabalha com período reduzido

Alunos do turno da manhã saem às 10h,  do turno da tarde às 15h e do turno da noite às 21h15

E. E. E. F. Assis Brasil – Trabalha com período reduzido

Alunos do turno da manhã saem às 1030, do turno da tarde às 15h30, e do turno da noite às 21h30

E. E. E. F. Almirante Tamandaré – Professores ainda não definiram se irão trabalhar com períodos reduzidos.

Escola está funcionando em horário normal, na noite desta quarta-feira (5), profissionais vão decidir se aderem ou não a redução de horários

I E. E. F. Barão de Tramandaí – Trabalha com período reduzido

A partir de quinta-feira (6), alunos do turno da manhã saem as 10h, do turno da tarde saem as 15, e do turno da noite saem as 21h20, a redução de horários permanecerá até o dia 17/8

E. E. E. F. Suely Vacari Osório – Trabalha com períodos normais

Professores trabalharam com horário reduzido na manhã de terça-feira, voltaram ao horário normal na quarta-feira (5)

 

Com fotos Bruna

Publicado em Tramandaí
Segunda, 10 Agosto 2015 18:09

Serviço de manutenção de rede de esgoto

 

 

A Administração Municipal através da secretaria de Obras fez na última semana a troca de canos e manutenção de rede de esgoto pluvial em trecho da rua Fernando Amaral.

O serviço foi feito em razão do rompimento em parte da rede.

Publicado em Tramandaí
Segunda, 10 Agosto 2015 17:50

Serviço de repavimentação

 

 

A Administração Municipal através da secretaria de Obras realiza serviços de pavimentação e repavimentação de ruas em vários bairros da cidade, melhorando as condições passagem de pedestres e o trânsito de veículos.

Nesta semana continuam os serviços de repavimentação em trecho da rua Marcíclio Dias entre as avenidas Rubem Berta e Atlântida.

 

Publicado em Tramandaí

Logo após o incidente local foi sinalizado e houve ainda desvio no trânsito

 

Parte do asfalto da Av. Beira Mar cedeu na manhã de sexta-feira (31/7), onde passa a galeria que recebe as águas do Lago Braço Morto. O local foi cercado e sinalizado logo após o incidente pela secretária de Trânsito e a Secretaria de Obras e Limpeza e Viação iniciou os trabalhos de reconstrução nessa terça-feira.

A trabalhadora Fernanda da Rosa Domingos, que atua na Av. Rio Grande há 11 anos, conta que quando saiu do trabalho no final da tarde de quinta-feira (30), o asfalto estava normal e quando retornou na sexta-feira (31/7), o buraco já havia se aberto e estava sinalizado. “Acho que o buraco deve ter se aberto durante a noite, mas ainda bem que sinalizaram direitinho e fizeram o desvio para não ter perigo de acidentes”.

Os comerciantes locais disseram que o desvio não atrapalhou as vendas, porém, todos ficaram curiosos para saber o que causou a abertura do asfalto e estão a espera da resolução do problema.

Segundo o secretário de Obras e Viação, Oldair Manuel Arceno, acontece que embaixo do asfalto passa uma galeria que inicia na Av. Santa Rosa, levando a água do Lago Braço Morto para Av. Beira Mar. Como o asfalto no local tem mais de 30 anos, devido a proximidade com o sal, a umidade e principalmente as recentes fortes chuvas, o asfalto acabou deixando a galeria exposta.

O secretário diz ainda que do outro lado da via esse problema já havia acontecido há cerca de um ano e a Secretaria de Obras fez a pavimentação de todo trecho, agora o serviço realizado será idêntico. “Nós não vamos apenas tapar aquele buraco, vamos fazer a pavimentação dos cerca de sete metros, trecho na via onde está a galeria, para que não haja mais problemas”, afirma.

Arceno ressalta ter conhecimento da importância daquela área para o Município e por isso fará o possível para finalizar os serviços em no máximo duas semanas. “Esse não é um trabalho rápido, mas como aquela é uma área turística, muito importante para a cidade, tentaremos acabar a obra em dez dias, quinze no máximo, é claro se não ocorrer chuvas nesse período”.

 

fotos Bruna

 

Publicado em Imbé

 

Um grupo de baleias francas deu show nas águas do Balneário Ipiranga, em Imbé, nessa semana. Os quaro cetáceos estavam a uma distância de cerca de 600m da costa e proporcionaram belos momentos. Entre os meses de junho e novembro é comum a aparecimento destes animais na costa. Segundo o biólogo da Prefeitura, Pedro Terra leite, as baleias francas vem do Atlântico Sul ao litoral brasileiro em busca de águas mais quentes para reprodução.

No ano passado, Imbé e a cidade uruguaia de Punta Del Este firmaram acordo criando a Rota Binacional da Baleia Franca. O Município foi a primeira cidade brasileira a aderir a esta iniciativa. Com isso, torna-se de interesse do município a promoção da rota como produto turístico responsável para o desenvolvimento sustentável das comunidades envolvidas.

Publicado em Imbé

 

O prefeito Pierre Emerim esteve reunido na tarde desta segunda-feira (03) com a secretária municipal da Mulher e Direitos Humanos (SEMDHI), Nilza Godoy. Ela entregou os relatórios do projeto Padaria Comunitária Bello Pão, iniciativa que foi aplicada em parceria com a ONG Amigas da Mama do Litoral e também do projeto Sábia Idade – Viver Sem Limites, iniciativa da SEMDHI que conta com mais de 200 alunos com idade a partir de 55 anos, que tem aulas de ginástica e dança, entre outras ações. “São projetos de sucesso que contemplam um grande número de pessoas da nossa comunidade e que nos dão muito orgulho pois são muito bem conduzidos”, disse Pierre.

Publicado em Imbé

 

O Departamento de Serviços Elétricos da Secretaria Municipal de Obras e Viação realizou, no primeiro semestre do ano, um total de 4249 atendimentos em manutenção da rede elétrica no município. Conforme o diretor Nereu Eberhardt Rosner, entre os trabalhos estão substituição de lâmpadas e reatores nas ruas onde haviam postes sem iluminação e manutenção dos prédios públicos. As solicitações de manutenção da iluminação pública podem ser realizadas na Secretaria, no balcão de informações ou ainda pelo telefone 3627-8231.

Publicado em Imbé

Dando continuidade ao trabalho de atenção a quem espera por uma moradia digna, o prefeito Eduardo Abrahão, a secretária de Habitação, Elisete dos Anjos e o arquiteto da Secretaria, Igor Gomes efetuaram a entrega de casas para mais duas famílias na tarde desta sexta-feira (31).

As unidades habitacionais com 42m², dois quartos, sala e cozinha conjugadas e banheiro fazem parte da modalidade Sub 50, destinada para municípios com menos de 50 mil habitantes. Essas são construídas para famílias que possuem terreno, sendo que não há nenhum custo para o beneficiário. 

A primeira família contemplada que mora na Rua Barra do Ouro, no Bairro Medianeira, é de Aline Silveira, casada com Cláudio Ferreira de Campos, mãe de sete filho.

A segunda contemplada foi Dinara Rosa de Oliveira que também reside na Rua Barra do Ouro. Na casa nova, ela viverá com dois filhos...

Aline que foi uma das contempladas disse estar muito feliz com a conquista. “É só alegria, valeu a pena o esforço e a espera. Agora temos essa bela casa, onde passaremos a viver com mais tranquilidade e bem estar junto com nossos filhos”, afirmou.

Publicado em Osório
Pagina 1 de 4
Banner Lateral Claro

Banner Agafarma
Banneronplay
ENDEREÇO: TELEFONES: E-MAILS: Desenvolvido por
Rua Siqueira Campos, 432
Tramandaí - RS
51. 3684.3033
51. 3661.3505
 redacao@jornaldimensao.com.br