Capitão responsável pelas ações da BM afirma que o comportamento dos policiais foi exemplar

 

O final da tarde de domingo (26) foi de terror para os moradores que estavam participando de uma festa familiar na região central do município de Imbé. Após receber denúncia de som alto no local, os policiais tentaram prender o dono da residência, juntamente com dois convidados escolhidos ‘a dedo’. Como os cidadãos se recusaram a seguir para a delegacia, por entenderem não ser este um motivo para prisão, os policiais militares pediram reforço, invadiram a residência agredindo várias pessoas da família, com socos, chutes e até, disparando com balas não letais. No total nove (9) pessoas foram imobilizadas e conduzidas ao Posto 24h, devido às lesões e após, à delegacia de polícia.

Uma das mulheres que estava na festa em Imbé, é mãe do dono da casa, trabalhadora e mora há mais de 30 anos no bairro Indianópolis, em Tramandaí. Segundo ela, eram 17h45 quando a primeira viatura foi até o local - quatro policiais desceram do veículo e disseram que eles estavam fazendo muita bagunça e, por isso, iriam levar o proprietário da casa e mais duas pessoas para DP local. O proprietário se negou a sair da residência sem a presença de um advogado, “dissemos que se o problema fosse o som alto poderíamos desligar o rádio, mas eles queriam prender as pessoas, que foram escolhidas de forma direta e arbitrária”, disse a moradora.

Após o dono da casa se recusar a ir até a delegacia, os mesmos policiais entraram na residência atirando com balas de borracha e de chumbinho. Havia cerca de 10 crianças no local (de dois meses a 10 anos) e algumas mulheres foram atingidas. Após a chegada do reforço (3 viaturas e vários policiais) nove moradores foram algemados e, mesmo imobilizados, continuaram sendo agredidos com chutes, socos e cassetes. “O policial apertou minhas algemas, pisou na minha mão e me bateu, outros apanharam ainda mais do que eu. Eles batiam no rosto, na barriga e nas costas. Eu sou trabalhador, nunca pensei na minha vida que seria um dia algemado pela polícia. Estou traumatizado”, disse o irmão do proprietário da casa que participava da festa de aniversário.

Ainda de acordo com este rapaz, até o churrasco que estava assando foi derrubado pelos policiais, e uma menina que estava filmando o corrido foi jogada no chão e teve o celular quebrado. “Mesmo dentro da viatura eles continuavam batendo nas pessoas, todos pais de família, trabalhadores e sem passagens pela polícia”, completou.

Após a agressão, os moradores registraram o Boletim de Ocorrência, número 3448, na Delegacia de Polícia de Tramandaí, uma vez que a DP de Imbé só atende em horário comercial.

Segundo o comandante da 3ª Cia do 2º BPAT Tramandaí, Leonardo da Rosa, “a ação da polícia foi exemplar”. Ainda de acordo com o capitão, no primeiro momento os policiais foram até a casa, tentaram conversar e pediram para que as pessoas baixassem o som. A reação dos presentes, de acordo com Leonardo da Rosa, foi xingar o batalhão com palavrões e por isso, os policiais teriam entrado na casa. “A polícia precisou usar força moderada, os ferimentos foram resultado da resistência que os policiais encontraram”, disse.

Nesta terça-feira (28), o inspetor de polícia da Delegacia de Imbé (que investiga o caso), Cloy Amaral disse que iria se inteirar do caso, mas já adianta que o procedimento correto seria o proprietário da residência ter acompanhado os policiais até a DP para fazerem a ocorrência, no entanto, o caso será investigado e se os depoimentos relatados forem confirmados, os policiais envolvidos devem responder por abuso de autoridade. 

Publicado em Tramandaí

 

 

A Administração Municipal através da secretaria de Obras está realizando o serviço de recapeamento asfáltico em toda a extensão da Av. Mário Totta, no bairro Litoral.

Este serviço que é feito entre as avenidas Alberto Pasqualine e João de Magalhães deve ser concluído até sexta-feira (31).

Publicado em Tramandaí

 

A Administração Municipal através da secretaria de Obras com os serviços da empresa Onze, está realizando nesta semana a capina e limpeza de rua  em vários bairros da cidades. Nesta segunda-feira foram feitos serviços em ruas do bairro Cruzeiro do Sul II.

 

Publicado em Tramandaí

 

O Endereço para fazer o cadastro é na Av. Fernandes Bastos, Nº 160, Loja 02, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 18h 

 

Do dia 27 até 31 de julho, a empresa São José, em parceria com as entidades UGES (União Gaúcha dos Estudantes Secundaristas) e a UEE RS (União Estadual dos Estudantes do Rio Grande do Sul), iniciará a fase de cadastramento dos estudantes do litoral norte ao Passe Livre Estudantil de 2015. O cadastramento será feito na Av. Fernandes Bastos, Nº 160, Loja 02, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 18h.

Confira abaixo a documentação necessária para a solicitação do Passe Livre Estudantil:

Preencher o formulário de inscrição

1 foto 3x4 recente

Cópia do CPF do Aluno

Cópia do Documento de Identidade ( Certidão de Nascimento só é permitida para menores de 18 anos) do estudante e de todos os membros da família.

Atestado Escolar/Comprovante de Matricula de 2015

Comprovante de Residência com data de emissão de no máximo 90 dias

Comprovante de Renda do beneficiário e de todos os membros do grupo familiar

Pagamento da taxa de confecção de R$ 20

*Ficam dispensados da comprovação de renda os estudantes que comprovarem ser beneficiários do Prouni 

Os estudantes que tem o cartão do Passe Livre de 2014 devem apresentá-lo no momento da entrega dos documentos.

Os que irão fazer a renovação do Passe Livre também deverão fornecer todos os documentos listados acima e mais o atestado escolar informando frequência mínima de 75% do período letivo do ano interior.

O Passe Livre Estudantil dá ao estudante 100% de desconto na passagem de ônibus para ir à escola ou faculdade numa cidade diferente da sua. Lembrando que só possuem o direito ao Passe Livre os estudantes que necessitam se locomover de um município a outro para ir à escola ou faculdade, comprovando renda familiar mensal de até 1,5 salario mínimos regionais por membro da família.

Para mais informações ligue para os seguintes números da empresa São José: (51) 81422757, (51) 97349812 ou (51) 36843292. Você também pode acessar o site do São José  www.saojosebus.com.br

Publicado em Tramandaí

Administração Municipal diz que problema será resolvida na próxima semana

 

A Administração Municipal de Imbé, há cerca de um mês, está retirando o calçamento de algumas ruas do balneário Nova Nordeste, onde a Corsan – Companhia Riograndense de Saneamento fará a instalação de uma rede de esgoto cloacal, o problema é que as obras estão causando transtorno a comunidade, que tiveram algumas ruas obstruídas e outras estão bem difícil de serem transitadas desde o início dos trabalhos.

Desde que as obras começaram na Av. Nova Nordeste está bem difícil transitar por diversos pontos do Balneário, a rua Mario Quintana, esquina com a rua Cecília Meireles é onde se encontra um dos pontos em que os motoristas possuem dificuldades em transitar. Na rua 13,  esquina com a Cecília Meireles a situação é ainda mais drástica, pois o local está intransitável. Pedras deixadas no passeio público dificultam também a vida dos pedestres que tem dificuldades em passar tanto pelas ruas alagadas em esburacadas, quanto pelas calçadas obstruídas.

O difícil acesso ao bairro tem prejudicado os negócios do comerciante, André de Oliveira, que há três anos tem um mine mercado na rua Cecília Meireles, esquina com a rua Fernando Sabino. De acordo com o empresário desde o início das obras suas vendas caíram pela metade. “A rua 13 está intransitável, antes o calçamento aqui na minha rua era normal, agora está toda esburacada as pessoas não conseguem mais chegar ao mercado”, diz o morador, que ainda completa, “Vários consumidores já me falaram que estão buscando outro lugar para fazer as compras em função do acesso que está muito ruim”.

Buscando solução para o problema, Oliveira foi até a Prefeitura, e lá segundo ele, foi informado que aquela era uma obra da Corsan e que nada poderia ser feito. “Acho que a Prefeitura tem responsabilidade sim, pagamos os impostos, queremos que fiscalizem a obra e nos digam quando a situação será regularizada”, reclama o comerciante.

Segundo o gerente da Corsan em Imbé, Evaldo Santos, a Companhia ainda não iniciou as obras no local, sendo que até agora somente a Administração Municipal executou serviços no balneário Nova Nordeste. “A Prefeitura está preparando a rua para a Corsan poder começar a mexer”, explica o gerente.

O subprefeito de Mariluz, Fernando Roxo, confirmou a informação, de acordo com ele, a Administração Municipal está retirando o calçamento da rua para que depois a Corsan inicie a instalação da rede de esgoto cloacal. O subprefeito diz que até semana que vem as ruas paralelas a Cecília Meireles devem ser desobstruídas, e ainda essa semana, se não chover, a máquina irá passar pelas ruas do bairro Nova Nordeste para melhorar a situação do calçamento.

A instalação da rede cloacal de esgoto, segundo o gerente Santos, está sendo feita em diversas ruas do Município e a previsão é que a obra completa seja finalizada em três anos. 

Publicado em Imbé

 

A proposição tem como objetivo tornar lei o procedimento de arrecadação de sobras de medicamentos não vencidos junto à população

 

O vereador Uiraçu Pinto (PROS) apresentou mais uma sugestão de lei ao Executivo Municipal na última semana. O presidente da Câmara Municipal é o autor do Anteprojeto de Lei 74/2015, que propõe a instituição da Farmácia Solidária em Imbé.

A proposição tem como objetivo tornar lei o procedimento de arrecadação de sobras de medicamentos não vencidos junto à população. Estes medicamentos serão distribuídos pelas unidades básicas de saúde preferencialmente às pessoas de baixa renda e aos idosos. A população poderá doar medicamentos em bom estado de conservação com o prazo de validade mínimo de 30 dias antes da data de seu vencimento. A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) será responsável pela arrecadação e distribuição dos medicamentos após rigoroso controle de sua qualidade e prazo de validade.

Em conversa com a titular da SMS, Magda Dörr, o vereador recebeu informações sobre a atual situação da prática, que funciona parcialmente na cidade. “A secretária recebe alguns medicamentos, mas é necessária uma estrutura que possibilite e regulamente esta prática através de uma lei municipal”, afirma o vereador.

A lei, segundo ele, vai ao encontro dessa necessidade, uma vez que determina pontos necessários para a efetivação da coleta de medicamentos e, principalmente, estabelece a divulgação obrigatória dos pontos de coleta, fazendo com que a comunidade tome conhecimento da Farmácia Solidária e passe a descartar os medicamentos não mais utilizáveis por quem os adquiriu para que eles possam ser utilizados no tratamento de pessoas que não possuem condições de comprá-los.

“É sabido que muitas pessoas possuem medicamentos em casa que acabam perdendo o prazo de validade, pois muitas vezes elas conseguem a cura num período de tempo menor do que o previsto e não fazem uso de todo o medicamento indicado para o tratamento”, diz Uiraçu. “É basicamente uma sugestão que visa estimular as pessoas a participarem diretamente de um programa social que tem a finalidade de beneficiar a população carente e as pessoas idosas da nossa comunidade, finaliza o vereador.

Aprovada por unanimidade pelas bancadas, a matéria agora segue para o Poder Executivo. Caso seja aceita, a proposta que regulamenta a Farmácia Solidária retornará ao Legislativo para duas novas votações antes de ser definitivamente sancionada pelo prefeito Pierre Emerim.

 

Publicado em Imbé

 

Numa iniciativa conjunta da Secretaria Municipal de Obras e Viação (SMOV) e Secretaria Municipal de Limpeza Urbana, os trabalhos de manutenção e limpeza de bocas de lobo seguem sendo realizados na cidade. Conforme relatório da SMOV, desde o último dia 22 foram feitas melhorias em 41 bueiros, somente na região do Centro. Na Zona Norte, os trabalhos estão sendo feitos pelas subprefeituras de Mariluz e Santa Terezinha, cujos números parciais ainda não foram informados.

“O que mais nos preocupa é a grande quantidade de lixo que encontramos nestas limpezas. Isso acaba entupindo as bocas de lobo, ocasionando em alagamentos”, salienta o secretário de Obras e Viação, Oldair Arceno. Ele lembra que o trabalho ainda não terminou e que o objetivo é fazer a manutenção e limpeza de todas as bocas de lobo da cidade. “Além da limpeza, estamos fazendo a substituição de tampas, elevações e remendos quando necessários”, complementa.

Publicado em Imbé

 

O Escritório da Emater de Imbé, realizou neste mês a entrega de aproximadamente 100 mudas de árvores frutíferas, ornamentais e flores. Conforme o chefe do Escritório, Flávio Junior, esta campanha visa a ornamentação e sombreamento dos jardins das residências e a produção de frutas para o consumo familiar.

 

 

Publicado em Imbé

 

Osório foi um dos municípios que ganhou notoriedade durante o Congresso das Secretarias Municipais da Saúde 2015, de 14 a 16, de julho em Porto Alegre. Na ‘Mostra de Experiências Exitosas do SUS’, representado pela Secretaria da Saúde foram mostrados dois projetos de sucesso, foram implantados na saúde local.

“A Informatização total dos serviços de saúde”, foi selecionada no quesito: “Boas práticas de gestão” e o “Teste da Linguinha no Município de Osório”, através dp segmento “Inovação”.

O prefeito Eduardo Abrahão, deixou visível o orgulho de ter ações estratégias no município que oferecem melhorias para a comunidade que utiliza os serviços da rede pública de saúde e também a importância de poder dividir essas experiências de sucesso com os demais municípios gaúchos. “Sempre que idealizamos algo novo, esperamos o melhor resultado possível, e, quando isso ultrapassa o que projetamos inicialmente é muito bom para todos, dividimos essas conquistas com todos os osorienses. É sinal de que estamos no caminho certo”, destaca o prefeito.

O Secretário Emerson explicou que a saúde impõe desafios diários, porém, com a união de esforços e com o apoio total do prefeito Abrahão, os resultados são satisfatórios. “É muito gratificante ter dois trabalhos selecionados, e mostrados em um Congresso Estadual. Estamos fazendo nossa parte e felizmente, colhemos frutos”.

Saiba mais:

Informatização implantada em 2009

O município de Osório, através da Secretaria da Saúde, com o objetivo de facilitar acesso e trazer economia ao município de Osório, investe desde 2009 em tecnologia para a informatização total do atendimento à população.

O trabalho iniciou e vem ocorrendo ao longo dos anos em conjunto com a capacitação de todos os profissionais ligados à área, a nova forma de gerenciar o sistema de marcação de consultas e exames, por meio da utilização do software livre Linux Ubuntu, traz economia e agilidade na realização dos procedimentos.

Para os pacientes, o sistema trouxe agilidade na marcação de consultas e exames. Ao chegar a uma unidade de saúde e receber o primeiro atendimento, caso seja necessária a consulta com um especialista o usuário sai com o procedimento marcado, sem a necessidade de deslocamento até outra unidade mais avançada somente para a marcação. Para diminuir as faltas, uma mensagem é enviada 24 horas antes do atendimento agendado. A outra consequência é o maior controle da oferta e da procura por parte da Secretaria, gerando um melhor gerenciamento dos recursos.

Por meio da informatização, é possível também acompanhar quais usuários cadastrados estão com vacinas atrasadas. Quando isso acontece, os agentes comunitários de saúde levam informações para que a situação seja regularizada. São 51 agentes, que trabalham com tablets, facilitando a transmissão das informações. O prontuário clínico dos usuários fica disponível em todo o sistema, sendo acessado por qualquer unidade pertencente à rede. O preenchimento por parte do médico também é realizado eletronicamente, sem a utilização de papel.

Publicado em Osório

 

 

Os empreendedores investirão R$ 3,4 milhões em Osório

 

O prefeito Eduardo formalizou apoio a três novos projetos de investimento, na segunda-feira, 13, em reunião no seu gabinete.  Os empreendedores investirão R$ 3,4 milhões em Osório, permitindo o estímulo à geração de novos empregos nas construções civis e a partir do desenvolvimento das atividades.

Acompanhado do secretário de Desenvolvimento e Turismo, Antônio Marculan, o prefeito agradeceu aos empreendedores pela escolha de Osório. “Seja na implantação de um novo empreendimento, como também no processo de ampliação do negócio local, todo investimento gera riqueza na cidade, tem capacidade de redistribuir a renda, de contratar serviços e movimentar a economia local. A evolução do emprego formal em nosso município aponta que o nosso empreendedor, apesar da retração na economia, tem encontrado espaço para o investimento, e isso é fundamental para a cidade”, disse.

Por fim, o prefeito reconheceu e agradeceu a cooperação técnica do Conselho gestor de Desenvolvimento, que reúne entidades da sociedade civil para planejamento dos projetos de investimento.

As empresas incentivadas foram: UGP Participações, da rede Supermercados Dalpiaz, representa pelo diretor Ugo Dalpiaz; novo posto de abastecimento Dacol Comércio de Combustíveis, apresentado pelo diretor Julio Dacol e H Sul Divisórias, representada pelo diretor professor Alexandre Ramos.

O programa de incentivos do município de Osório é regulado pela Lei Municipal nº 5.201/2013, que conta com a participação de um Conselho, representado por pessoas da sociedade civil e do Poder Público municipal.   

 Empresas incentivadas

A empresa UGP Participações, da rede Supermercados Dalpiaz, representa pelo diretor Ugo Dalpiaz, apresentou o investimento na construção de um centro de distribuição na Avenida Ângelo Gabriel Boff Guasselli, transferindo a totalidade da logística, hoje na Avenida Marechal Floriano Peixoto, para uma nova estrutura com mais de 1400m², que visa o abastecimento de toda a rede varejista.

Um novo posto de abastecimento Dacol Comércio de Combustíveis, foi apresentado pelo diretor Julio Dacol, a ser implantado entre a Rua José Vieira de Souza e a Rua da Lagoa, na proximidade da Área de Geração de Empregos Bruno Niederauer. O novo empreendimento contará, também, com uma nova loja de conveniência.

H Sul Divisórias, representada pelo diretor professor Alexandre Ramos, anunciou a realocação da empresa em nova sede, com ampliação para 272m², na Avenida Jorge Dariva, para atendimento da nova demanda de serviços e unificação da área comercial de depósito de materiais.

Os empreendimentos receberão apoio através de incentivos fiscais e serviços de pavimentação, serviços de hora-máquina e custeio de locação, que totalizam cerca de R$ 72.252,00.

Palavra do prefeito

“Assumimos a administração do município e buscamos implantar uma postura empreendedora com vistas à ampliação da matriz empresarial. Uma área de 50 hectares foi adquirida na BR 101 para que pudéssemos dar início a um projeto voltado à indústria e a logística. E, devido a esta aquisição, hoje trabalhamos os processos de licenciamento ambiental deste espaço público. Implantamos os pavilhões industriais no bairro Farroupilha e regularizamos os contratos da Área de Geração de Empregos. O resultado é um novo espaço para a formalização de negócios. Entre 2013 e 2014, foram 333 novas empresas no município e uma evolução de 1.095 vagas de emprego formal, de acordo com o Ministério do Trabalho e Emprego. Não foi sem razão que, de 2013 a 2015, fomos o município do Litoral Norte que mais gerou emprego formal. Apoiamos a diversificação de atividades e estamos materializando um pólo regional de concessionárias de veículos. Hoje este segmento procura o município para implantação dos seus negócios. Fato que nos motiva a continuar investindo forte no desenvolvimento econômico”.

Publicado em Osório
Pagina 1 de 4
Banner Lateral Claro

Banner Agafarma
Bannerbaixo2
ENDEREÇO: TELEFONES: E-MAILS: Desenvolvido por
Rua Siqueira Campos, 432
Tramandaí - RS
51. 3684.3033
51. 3661.3505
 redacao@jornaldimensao.com.br