loader
Decepção em família é ?pakabá?

Decepção em família é ?pakabá?

Hoje vou falar de uma coisa muita chata, que todo mundo evita comentar, mas que eu considero uma tremenda e dolorosa ‘sacanagem’. Me refiro ao fato de sermos ‘traídos’ e/ou nos decepcionarmos pra valer com algum familiar nosso. É claro que muitos já sofreram decepções e traições ao longo do caminho, quer seja de marido, namorado, amigo, colega de trabalho e outros, mas, sofrer uma decepção com um familiar (seja em que grau de parentesco for) é coisa que dói muito. Isto deixa marcas tão profundas a ponto de nos fazer repensar quem realmente merece nosso amor, dedicação e afeto, dentro das relações familiares (pais, irmãos, tios, cunhados, agregados, enfim). Não sei se eu ‘peco’ por ser muito intensa e emocional em tudo nesta vida, e por isto, sofro mais com estas coisas (decepções) que envolvem família (tudo de mais valioso neste mundo), ou se há pessoas de má índole dentro do seio familiar que não estão nem aí pra importância de sentimentos como confiança, doação verdadeira, boa fé e lealdade. O fato é que temos que ‘levar uns tombos feios’, às vezes, pra aprendermos a nos levantar mais fortes do que antes e também, pra separarmos o joio do trigo. Parece muito ‘duro’ isto, em se tratando de família, porém, infelizmente, casos assim são mais comuns do que pensamos e temos que encarar a realidade. Muitos se esquecem que a confiança é como um cristal – depois de quebrado, tu podes usar a melhor Super Bonder já inventada que não tem jeito, pois nunca mais será igual. Aí só nos resta botar em prática a capacidade de relevar, perdoar e tentar retomar a confiança abalada. Digo por experiência – tente todas as possibilidades, abra seu coração e procure recuperar o que foi perdido, mas, porém, contudo, entretanto, todavia, não queria dar uma de ‘Madre Tereza’ (com todo respeito), pois há pessoas que não merecem nosso desgaste e até estresse emocional, ok? Se você já sofreu este tipo de decepção (com um familiar) saiba que não foi o primeiro e nem será o último. Olhe para trás e reveja que tudo que aconteceu te ajudou a crescer de alguma maneira, pois eu acredito que todo sofrimento nos leva ao crescimento (fato). E se novas decepções surgirem, encare de cabeça erguida, seja mais você sempre, porque só você sabe o valor que realmente tem. Talvez esta pessoa (a/o sacana) nunca enxergue esse valor, e se isto acontecer, com certeza, ela não merece teu amor e dedicação, sentimentos que devem ser compartilhados e não doados de forma unilateral. O fato é que por mais dura que seja a realidade no campo das relações humanas, nunca devemos nos deixar embrutecer e amargurar, pois tem muita gente boa neste mundo... Bjks, sorrisão no rosto, força na peruca e vamo que vamo, porque carro parado não pega carreto!